O vice-presidente do DAAD, Joybrato Mukherjee, em sua palestra na FAUBAI

Com foco no engajamento social e na inovação, o encontro anual da Associação Brasileira de Educação Internacional (FAUBAI) reuniu especialistas e pesquisadores entre 8 e 12 de abril em Porto Alegre para discutir novas tendências na internacionalização do ensino superior. O Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD) marcou presença com duas palestras e um estande informativo. O vice-presidente do DAAD, professor Joybrato Mukherjee, abordou o tema “Higher Education Made in Germany – A Success Story” para uma plateia de cerca de cem pessoas.

Na apresentação, ele falou sobre as principais características do sistema de ensino superior alemão, além de detalhar áreas como financiamento, pesquisa e desenvolvimento de estratégias, usando como exemplo a Justus Liebig Universidade de Giessen, da qual é presidente. Mukherjee focou, ainda, na internacionalização como uma das principais forças motrizes para o desenvolvimento do ensino superior: “A colaboração internacional é um pré-requisito para excelência”.

A outra palestra tratou da recém-fundada Rede Brasil-Alemanha Internacionalização do Ensino Superior (Rebralint), fruto de uma iniciativa do DAAD de apoio a projetos de internacionalização nas universidades brasileiras, especialmente no que diz respeito à cooperação acadêmica e científica com a Alemanha. A presidente da Rebralint, Gabriela Marques-Schäfer, apresentou a nova rede na conferência da FAUBAI com a palestra “Rebralint - A bilateral approach to international cooperation in global times”. Segundo Martina Schulze, diretora do DAAD Brasil, os membros da rede se destacam por sua atuação de longa data estabelecendo parcerias entre instituições dos dois países, e também pelo grande conhecimento adquirido nessa prática de cooperação.

Considerado o maior evento de educação internacional do Brasil, a conferência FAUBAI reuniu representantes de diversas instituições nacionais e internacionais nessa edição: foram 526 participantes, dos quais metade era do exterior, oriundos de 20 países diferentes. Os interessados em estudar na Alemanha e estreitar relacionamento com instituições de ensino superior alemães visitaram o estande do DAAD para se informar sobre tópicos como convênios e programas específicos para brasileiros. Além de palestras, a programação da FAUBAI incluiu workshops, mesas-redondas e visitas a universidades. Confira em detalhes aqui.