Os representantes das instituições alemãs no Brasilientag 2017

Realizado anualmente pela Embaixada Alemã no Brasil, o Brasilientag de 2017 teve mais uma vez grande participação de representantes das missões diplomáticas e instituições alemãs no país para discutir diversas questões da relação bilateral. Com o tema “Alemanha e Brasil: parceiros na globalização”, o evento aconteceu nos dias 30 e 31 de maio em Brasília. Martina Schulze, diretora do DAAD Brasil, e Marcio Weichert, coordenador do Centro Alemão de Ciência e Inovação (DWIH-SP), marcaram presença, junto com colegas dos consulados alemães, das câmaras de comércio e das fundações políticas. A Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ), a Sociedade Alemã de Amparo à Pesquisa (DFG) e o KfW Banco de Desenvolvimento também tiveram representantes no encontro.

Martina Schulze considera o Brasilientag uma excelente oportunidade para estreitar os laços entre as instituições alemãs atuantes no Brasil: “Esse fator é muito importante para o DAAD, porque trabalhamos em todo o território brasileiro. Foi uma boa ocasião para destacar o papel dos ex-bolsistas na cooperação Brasil-Alemanha. Consultando o portal Alumniportal Deutschland, cada instituição pode descobrir quem são os ex-bolsistas do DAAD ativos em sua região”.

Com palestrantes convidados, a primeira rodada de debates do Brasilientag se concentrou na atual situação político-econômica do Brasil e na discussão em torno de novas legislações, como é o caso da proposta de reforma nas leis trabalhistas. A segunda mesa, sobre “Tecnologia, Ciência e Urbanismo”, foi de especial interesse para o DAAD e o DWIH. Em 2016, o principal evento anual do DWIH, o Diálogo Brasil-Alemanha de Ciência, Pesquisa e Inovação, foi dedicado ao urbanismo com o tema “The City of Tomorrow – Tackling Urban Challenges and Opportunities".

O segundo dia de atividades em Brasília teve dois blocos de debate: “Agricultura, Meio Ambiente e Proteção aos Índios”, seguido por “Língua Alemã, Cultura e Cooperação entre instituições de ensino superior”, do qual Martina Schulze participou. A diretora do DAAD Brasil aproveitou a oportunidade para informar sobre a fundação da Rede Brasil-Alemanha Internacionalização do Ensino Superior (Rebralint) no Rio de Janeiro, com representantes de universidades de todo o Brasil, e sobre os editais do DAAD com inscrições abertas. Para Martina, além dos temas de sua área de atuação direta, o debate acerca da situação dos índios sob diferentes perspectivas foi um importante destaque do Brasilientag 2017.