Fahnen mit dem DAAD-Logo vor der Außenfassade der Zentrale in Bonn.

O escritório regional do DAAD no Rio de Janeiro comunica com pesar o falecimento de Helga Wahre, funcionária da matriz na Alemanha por mais de 30 anos que se destacou no trabalho de cooperação acadêmica com o Brasil. Em sua longa atuação, a Sra. Wahre acompanhou dezenas de bolsistas brasileiros que escolheram a Alemanha como destino para realizar suas pesquisas de doutorado. Até hoje, “Frau Wahre” é lembrada com carinho pelos ex-bolsistas do DAAD no Brasil.

Entre eles, está Claudia Lima Marques, professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e diretora do Centro de Estudos Europeus e Alemães (CDEA) em Porto Alegre. Bolsista do DAAD em três ocasiões (1987-88, 1994-96 e 2003), a Profa. Claudia afirma que Helga Wahre marcou o grupo de brasileiros com que esteve estudando na Alemanha:

“Ela era muito querida por todos nós: Gilmar Mendes, Marcelo Neves, Willy Guerra e eu, que estávamos na Alemanha na mesma época. Frau Wahre foi uma pessoa muito especial, competentíssima, forte e, ao mesmo tempo, carinhosa e atenciosa com todos os bolsistas brasileiros. Ela sempre tinha uma palavra de alento, uma sugestão positiva, uma solução. Quando nos reuníamos em Bonn, ela era o centro das atenções dos bolsistas brasileiros, representando o melhor da Alemanha: trabalho de qualidade, com simpatia e respeito por todos. Nossos melhores sentimentos aos seus familiares. Frau Wahre deixa as melhores lembranças e muita saudade em todos nós”.

O também ex-bolsista do DAAD Martonio Mont'Alverne Barreto Lima, professor da Universidade de Fortaleza, esteve na Alemanha para realizar o doutorado entre 1993 e 1998. Ele ainda se lembra da recepção atenciosa que teve: “Fui recepcionado na Alemanha por Helga Wahre, poucos dias após minha chegada ao Instituto Goethe de Göttingen. Obtive todo o apoio e esclarecimento necessário para a chegada da minha família: minha mulher e minha filha, que tinha quatro meses de idade. Sempre recebi tratamento atencioso de Frau Wahre, como eu a chamava. Durante meu doutorado, apresentei trabalhos em dois eventos mundiais fora da Europa. De Frau Wahre obtive toda a orientação necessária para receber apoio para as viagens e prestar contas da ajuda recebida. Sempre me chamou atenção a maneira como eu era atendido por ela: prontamente e com perguntas sobre minha adaptação à vida na  Alemanha. Sabia que Frau Wahre era umas primeiras pessoas que começou a trabalhar no DAAD. Ela costumava falar sobre sua vasta experiência. A ela e sua família deixo meus sinceros agradecimento e reconhecimento”.

Helga Wahre faleceu no dia 15 de março de 2019 em Bonn.