Studierende vor der Bibliotheca Albertina der Universität Leipzig.

Pesquisadores brasileiros e alemães trabalhando em parceria têm ótima oportunidade de fomento à pesquisa com o programa Probral, que tem inscrições abertas até 26/07/2019. Podem receber apoio projetos conjuntos desenvolvidos por grupos dos dois países vinculados a instituições de ensino superior, públicas ou privadas, sendo pelo menos uma no Brasil e uma na Alemanha. O Probral prevê a concessão de recursos para a realização de missões de trabalho e aquisição de material para os projetos, bem como o financiamento de bolsas de doutorado sanduíche e pós-doutorado na Alemanha. Serão escolhidos 25 projetos para receber o fomento pelo período de dois anos, que podem ser prorrogados por mais dois anos.

O programa é fruto de mais uma parceria entre a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e o Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD). As propostas podem ser de qualquer área de conhecimento e devem prever a mobilidade de pesquisadores e de estudantes de ambas as equipes.

O edital de 2019 está disponível aqui. O site da Capes tem, ainda, uma página dedicada ao Probral, com a visão geral do programa, links para os anexos do edital e os editais antigos.

Os professores brasileiros devem apresentar suas candidaturas junto à Capes. Já os professores alemães devem solicitar o apoio junto ao DAAD na Alemanha e buscar as informações necessárias na página do Programa PPP, denominação dada ao Probral no lado alemão. Na referida página, estão os links para os documentos relativos à seleção do lado alemão. Neste PDF (página 3) estão as informações sobre o PPP com o Brasil. O contato do DAAD na Alemanha para esclarecer dúvidas dos professores alemães relativas a esse programa é Cornelia Pochert (pochert@daad.de).

CRONOGRAMA - Capes
Até 26 de julho de 2019: inscrição das propostas (até 17h no horário de Brasília)
Até 31 de outubro de 2019: análise das propostas
Até 10 de dezembro de 2019: divulgação do resultado
A partir de janeiro de 2020: início das atividades dos projetos selecionados
A partir de março de 2020: início da implementação das bolsas