Por meio do Programa EPOS, o DAAD oferece bolsas de estudos para diversos cursos de pós-graduação na Alemanha em campos de estudos relacionados ao desenvolvimento sustentável. O programa foi criado com foco no aprofundamento de jovens profissionais e acadêmicos de países em desenvolvimento, que podem escolher entre 40 cursos de mestrado ou doutorado, ministrados em alemão ou inglês, em uma das seguintes áreas:

• Ciências Econômicas e Política Econômica
• Cooperação para o Desenvolvimento
• Engenharia e disciplinas afins
• Matemática
• Planejamento Urbano e Regional
• Agronomia e Silvicultura
• Ciências Naturais e Ciências do Meio Ambiente
• Medicina e Saúde Pública
• Ciências Sociais, Educação e Direito
• Estudos de Mídia

Além de excelente rendimento acadêmico, o pré-requisito básico para uma candidatura é ter o mínimo de dois anos de experiência profissional na área do curso pretendido após a conclusão da graduação. Essa conclusão não pode ter ocorrido há mais de seis anos no momento de início do curso escolhido pelo candidato.

A duração dos estudos varia entre um e três anos, dependendo do curso. Os contemplados recebem bolsa mensal, seguro-saúde, ajuda de custo para passagem aérea e curso preparatório de alemão. Todas as informações sobre os cursos e pré-requisitos estão disponíveis neste link, com conteúdo em inglês e alemão. A lista com os cursos que integram o Programa EPOS e os respectivos prazos de inscrição podem ser consultados nesta tabela. Cada universidade tem um prazo de inscrição próprio. As datas limite para envio de candidaturas ao EPOS com bolsa do DAAD variam entre 31/08/2019 e 31/03/2020.

Aviso importante: a inscrição precisa ser feita por meio do site da universidade alemã e não pelo DAAD.

Os candidatos ao EPOS devem ser atuantes no planejamento e execução de projetos voltados para políticas de desenvolvimento ou na cooperação para o desenvolvimento, seja em instituições/empresas públicas ou privadas.  É preciso, ainda, comprovar o nível de alemão ou inglês exigido por cada instituição.

Criado em 1987 para estimular a qualificação de profissionais e lideranças de países em desenvolvimento sob uma perspectiva sustentável, o programa já beneficiou mais de 7.000 estudantes. Pesquisas do DAAD mostram que, atualmente, cerca de metade dos bolsistas do EPOS são mulheres. Aproximadamente 90% do total de bolsistas concluem o curso com êxito e cerca de 70% deles retornam aos seus países de origem após a pós-graduação.

Links importantes
1. Livreto sobre os cursos EPOS 2020/2021 - Development-Related Postgraduate Courses / Entwicklungsbezogene Postgraduiertenstudiengänge
2. Tabela com lista de cursos e respectivos prazos de inscrição
3. Página do Programa EPOS