O Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD) terá em 2020 duas chamadas do programa de auxílio para estadias de pesquisa para doutorandos brasileiros com bolsa no país. Trata-se de um financiamento complementar à bolsa nacional concedida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) ou por uma Fundação Estadual de Amparo à Pesquisa (FAP) participante do programa (vide lista abaixo), com o objetivo de viabilizar parte da pesquisa da tese na Alemanha.

Todos os detalhes sobre o financiamento, os requisitos e o processo de candidatura se encontram neste documento em português e no edital no site do DAAD.

No momento, 17 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAP) participam do programa de auxílio para doutorandos:

  1. FACEPE – Pernambuco
  2. FAPEAL – Alagoas
  3. FAPEAM – Amazonas
  4. FAPEAP – Amapá
  5. FAPEG – Goiás
  6. FAPEMA – Maranhão
  7. FAPEMIG – Minas Gerais
  8. FAPERGS – Rio Grande do Sul
  9. FAPERJ – Rio de Janeiro
  10. FAPERN – Rio Grande do Norte
  11. FAPES – Espírito Santo
  12. FAPESB – Bahia
  13. FAPESC – Santa Catarina
  14. FUNDECT – Mato Grosso do Sul
  15. FAPERO – Rondônia
  16. FAPT – Tocantins
  17. Fundação Araucária – Paraná

O objetivo do programa é viabilizar a permanência de estudantes brasileiros de doutorado na Alemanha por dois a seis meses (sem interrupção da vigência da bolsa da agência brasileira). Os estudantes podem escolher entre universidades, institutos de pesquisa, laboratórios ou bibliotecas para realizar pesquisas específicas, relevantes para o desenvolvimento da tese de doutorado.

CHAMADAS 2020 – Cronograma

  • Primeira chamada aberta de 02/03/2020 até 02/04/2020:
    para estadias de pesquisa entre 01/09/2020 e 30/04/2021
  • Segunda chamada aberta de 15/10/2020 até 15/11/2020:
    para estadias de pesquisa entre 01/05/2021 e 31/01/2022.