“Um idioma, muitas culturas”. Esse é o mote da Semana da Língua Alemã, que vai acontecer do dia 12 a 20 de junho. Organizado pelas Embaixadas da Alemanha, Aústria, Bélgica, Suíça e Luxemburgo, o evento oferece um amplo panorama sobre a língua e cultura alemãs, além de apresentar possibilidades de estudo em cada um dos países participantes.

O DAAD marcará presença na Semana da Língua Alemã com diversas atividades online:

• 14/6, às 10h30 | Línguas Alemãs no Brasil: um mosaico de variedades
> Link para a transmissão aqui

A primeira atividade será uma palestra sobre a diversidade da língua alemã no Brasil, sua variação, uso e migração desde o século XIX. Também está previsto um diálogo entre participantes em diferentes variedades do alemão (especialmente Hunsrückisch, westfaliano e pomerano), oferecendo ao público uma amostra concreta para exemplificar as diferenças dialetais e culturais apresentadas.

• 14/6, às 14h | Estudar na Alemanha. Quais os caminhos?
> Link para a transmissão aqui 

Serão apresentadas as possibilidades de acessos às universidades alemãs (Studienkolleg e Studienbrücke), bem como informações sobre bolsas de estudo do DAAD (possibilidades até o nível de mestrado). Também falaremos sobre o sistema alemão de ensino e as diferenças em relação ao Brasil. Perguntas poderão ser feitas no final do evento.

17/6, às 15h | Bate-papo: Estudar na Alemanha
> Link para a transmissão aqui
(senha: daad)
Os assistentes de língua do DAAD convidam para um bate-papo sobre os estudos na Alemanha. Como é a vida cotidiana em uma universidade alemã? Que formatos de aprendizagem existem? Que exames tivemos que fazer? Você tem que saber inglês para estudar na Alemanha? O que é diferente em uma universidade alemã em relação a uma universidade brasileira? E a vida estudantil nas cidades? Essas são algumas dúvidas que serão respondidas na conversa com ex-estudantes de diversas universidades alemãs, incluindo Potsdam, Leipzig, Bamberg, Frankfurt, Freiburg e Colônia. Também será possível fazer perguntas no final.

• 17/6, às 19h | Apresentação e debate do documentário “Viver no Brasil falando Hunsrückisch”: a vivência da língua documentada
> Link para a transmissão aqui
Após quase 200 anos da imigração alemã no Brasil, ainda se encontram mais de um milhão de brasileiros falantes de uma variedade do alemão que se tornou a língua de interação: o Hunsrückisch. Apesar de separados por grandes distâncias em diferentes partes do Brasil, os falantes de alemão compartilham experiências e sentimentos. O documentário “Viver no Brasil falando alemão” tem por objetivo dar ouvidos à língua e dar atenção à visão de mundo dos falantes.

18/6, às 14h | A obra da escritora Yoko Tawada no Brasil: Tradução e Pesquisa
> Link para a transmissão aqui
O interesse pela obra de Tawada no Brasil é recente, mas tem aumentado significativamente nos últimos anos e, com isso, têm surgido traduções, trabalhos de conclusão e dissertações. Nesta mesa-redonda trataremos da recepção da obra de Tawada no Brasil, com base em alguns trabalhos acadêmicos e também em relatos sobre os desafios do processo de tradução.

Confira a programação completa no site da Semana da Língua Alemã!