Parte importante do trabalho do DAAD é o fomento à língua alemã. Para isso nada melhor do que estimular a leitura da literatura do país. Junto com as bibliotecas dos Goethe-Institut de São Paulo, Curitiba e Porto Alegre, lançamos o projeto “Telas Literárias”, um clube de leitura virtual com encontros mensais para discutir uma obra da literatura alemã contemporânea. O objetivo é dar mais visibilidade aos autores alemães publicados no Brasil e aproximar o público da literatura alemã contemporânea publicada em língua portuguesa.

Os encontros ocorrem na plataforma Zoom e têm a seguinte dinâmica: um(a) convidado(a) apresenta uma obra ou autor(a) e conduz o debate, sempre em português. As vagas são limitadas e, portanto, a inscrição é necessária. Para participar, basta enviar um e-mail para daad_sao_paulo@daad.org.br. As informações sobre obra e autores de cada encontro são divulgadas com antecedência pelos canais de comunicação do Goethe-Institut e do DAAD Brasil (Instagram e Facebook) para quem desejar se preparar para a conversa. No entanto, para participar não é necessário ter lido o livro ou ter conhecimentos sobre literatura alemã. Aproveite para assinar nossa Newsletter e ficar por dentro dos próximos encontros.

Confira a programação:

  • Telas Literárias em julho: 22/07, às 19h
    Livro do mês: “A raposa já era caçador”, da poeta, ensaísta e romancista Herta Müller
    Mediador: Carlos André Moreira, jornalista, escritor e tradutor

O encontro será mediado por Carlos André Moreira, autor do romance Tudo o que Fizemos (2009), da coletânea Fake Fiction (2020), O Que Resta das Coisas (2018) e Tu, Frankenstein II (2015). Jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Carlos atuou por vinte anos no jornal Zero Hora e hoje atua como tradutor e preparador editorial, além de manter o canal do YouTube Admirável Mundo Livro.

O livro apresentado será “A raposa já era caçador”, da poeta, ensaísta e romancista Herta Müller. Prêmio Nobel de Literatura de 2009 e nascida na Romênia, Müller formou-se em literatura romena e letras germânicas na Universidade de Timiosara. Após se recusar a colaborar com o serviço secreto de seu país, imigrou para a antiga Alemanha Ocidental (República Federal da Alemanha) e vive atualmente em Berlin. Vencedora dos prêmios Aspekte (1984), Aristeion (1995) e Franz Kafka (1999), é também autora dos títulos Depressões, O Compromisso, Fera d’Alma, Sempre a mesma neve e sempre o mesmo tio e O rei se inclina e se mata (Editora Biblioteca Azul).